segunda-feira, 30 de junho de 2008

VERDADE E POLÍTICA

A CABEÇA DE MEDUSA_ PETER PAUL RUBENS óleo sobre madeira, 68,5 x 118 cm, Viena, Kunsthistorisches Museum

"A marca da verdade de facto, aquela que a torna prioritária para o pensamento político, é a possibilidade de poder ser desvirtuada pela falsidade deliberada ou vulgar mentira, aspecto bem diferente dos erros e das confusões que também podem ocorrer no quadro do seu estabelecimento e registo histórico; e se a vigilância quanto á forma como é estabelecida, em termos da imparcialidade histórica, é lógicamente necessária, torna-se ainda mais difícil e sobretudo perigosa, quando é pervertida ou negada com propósitos esvaziadores da própria essência da actividade política, razão pela qual é imperativo para o pensamento político, mantê-la sob o foco da crítica" Hannah Arendt, Verdade e Política.

5 comentários:

Zédu disse...

Retornando tua visita. Volto outra hora com mais calma.
Gostei do teu blog.

O Profeta disse...

Hoje o Mar adormeceu na Aurora
O dia desponta em doce calmaria
Um barco cede ao embalo do vento
Uma gaivota na escarpa o ninho vigia

Hoje o Sol pintou de luz o verde
As hortênsias são nuvens na terra
Plantadas por um deus romântico
No sortilégio que esta ilha encerra


Boa semana



Abraço

mariam disse...

bem...política/verdade! a imagem parece muitíssimo apropriada par ilustrar o texto... ambos terríveis!

"chiça" hoje é só calafrios... visitei outro blog também com uma cabeça decepada, melhor, cortada à tesoura!

boa semana
um sorriso :)

heretico disse...

a branco e preto... como gosto!

abraços

Anja Rakas disse...

Qualquer ideia que te agrade,
Por isso mesmo... é tua.
O autor nada mais fez que vestir a verdade
Que dentro em ti se achava inteiramente nua...
Mário Quintana
*********************************
Quanto mais abstracta for a verdade que queres ensinar, mais tens que seduzir os sentimentos a seu favor.
Friedrich Nietzsche

Quintana e Nietzsche...um idealista e outro realista...a fusão de dois mundos, o equilíbrio perfeito para uma paz zen.

Bjos verdadeiros