domingo, 12 de outubro de 2008

MISTÉRIO E MAGIA

NO TERRAÇO_PIERRE-AUGUSTE RENOIR
É o mistério e a magia
que a palavra arranca à escuridão
até os trazer à luz do dia;
*
o nascimento e o amor da criança
que trazem ao ventre da mãe a grande dor
e o grito cósmico da esperança;

*
o desejo e a rebeldia
que enchem a vida dos sonhadores
com noites claras e frescos de ousadia;

*
a liberdade e o combate
que deleitam os homens nas colinas do olhar
e nos entregam aos impulsos do amor e da arte;

*
a aventura do ser e o jogo das miragens
que trazem a festa à terra e as ilusões à vida
como às árvores o festejo das folhagens;

*
a eternidade e o êxtase do momento
onde sonham as moradas do mundo
como obras felizes e pérolas do pensamento;

*
É amor, paixão, desafio, alegria, dor e verdade,
névoa e claridade;
O fogo imortal da poesia
onde renasce contraditória e incerta
a vida, essa orgulhosa raínha
Que é o sentido do ser
por amor à sua própria verdade!...


Luís Lourenço

17 comentários:

vida de vidro disse...

Quase um hino à vida. O mistério e a magia de ser "por amor à sua própria verdade". **

Graça Pires disse...

"O fogo imortal da poesia" a celebrar a vida.
Um abraço.

NAELA disse...

Bela homenagem a um sentimento unico e magico!
A escolha e maravilhosa;)
Beijo doce

mdsol disse...

Ohhhhhhhhhhhh
Desculpe centrar-me no quadro quando as palavras me merecem toda a atenção também...mas, em tempos, publiquei este quadro a propósito de uma questão de irmãs...
:)))

heretico disse...

"homens nas colinas do olhar...".

a magia da palavra poética. que deleita... e encanta.

abraços

JPD disse...

Um poema lindíssimo e soberbamente ilustrado.
m grande abraço

Juliana Lira disse...

Confesso que fiquei sem palavras,perante tamanha beleza!

Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Luís, mistério e magia em todo o post!... Só tenho uma palavra para qualificar... SUBLIME... Beijinhos de ternura, Fernandinha

Cleo disse...

Obrigada pela encantadora visita em meu espaço tão simplório. mas como diz Rostand, "ninguém envelhece enquanto busca alguma coisa" , então vou buscando a magia da vida em contato com o virtual, mas no real também busco sim.

Aqui se respira arte, poesia e beleza, maravilhoso este blog.

E acabei te citando nos comentários do Sintonias, pois fiquei muito triste com essa possível despedida da Helô. tomara que não seja definitiva.

Uma bela terça prá você.
Abraços
Cleo

Vieira Calado disse...

Mais um esbelto poema de que godtei. Um abraço

mariam disse...

Luis,
bela imagem, e muito bem escolhida a música, para embalar estas palavras, trauteio-a enquanto vou descendo devagarinho por elas...

um grande sorriso :)
mariam

gotadevidro disse...

A beleza de um poema emoldurada por uma tela fantástica.

Adorei

Obrigada pela visita

beijo

Lili disse...

Agradecendo a visita... Gostei do seu blog também, adoro poesia, mas não tenho o dom... Vou te linkar...

Bom dia, volte sempre...

Lu disse...

É uma grande alegria, suas visitas e suas gentis palavras.

Escreves lindamente.
Beijo!

Gilbamar disse...

Ler, reler e continuar lendo cativo. Palavras que a brisa não leva, são perenes.

Abraços perfumados.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Preciso que você vá com urgência ao meu Blog e ponha um comentário no meu novo post.
Renata
Se não fosse urgente, eu não o chamaria

EternaApaixonada disse...

Prezado amigo poeta,
Primeiro meu agradecimento eterno por suas gentis visitas!
Acessar teu blog é sempre um prazer enorme, pois aqui se respira cultura, com muito bom gosto!
Escreves divinamente e sempre associa uma imagem que nos leva a sonhar!
Parabéns mais uma vez! (nunca me cansarei de repetir isso...)
Meu carinho.