quinta-feira, 23 de outubro de 2008

A GRANDE FAMÍLIA

A GRANDE FAMILIA_RENÉ MAGRITTE
*
É a dor e a alegria
que se inquietam
nas vagas da sabedoria;

*
é o sonho e a realidade
que se guerreiam nos vôos
da humanidade;
*
é o amor e a paixão
que se lançam em jogos de sedução
às voltas no coração;

*
é a sorte e o azar
que se aventuram nos labirintos
da vida, do jogo e do altar;

*
é o mar e as espumas
que se atiram fortes ao rochedos
até quebrar;

*
é a acção e a roda do ser
que inventam o futuro e o não-ser
para o forçarem a ser;

*
é a imaginação e as névoas
que se abismam no enigma da inspiração
para o manterem vivo e secreto,
por desvendar;

*
É tudo: vida, paixão, amor e verdade,
dança imortal e mistério,
fonte onde o homem
pode voltar a criar
a festa da sua vida,
e nela voltar a jorrar
livre e feliz a nascente
orgulhosa da sua própria verdade!...


Luís Lourenço

18 comentários:

Assim que sou disse...

Somos sempre assim. Ao contrário do que se diz, não somos morte e vida. Somos morte e amor.

Sempre. bjs. Veronica

Clara disse...

é o sonho e a realidade
que se guerreiam nos vôos
da humanidade;


Sem dúvida.

Beijinhos

Quase Trinta disse...

Lindo texto... o ser humano e suas contradições.

GUILHERME PIÃO disse...

É a vivência de uma pessoa satisfeita com o seu ser....
Abraços

João da Silva disse...

Luís, à falta de expressão melhor para definir o que sinto quando venho aqui, ouso dizer que você rompe o hímen das palavras, rumo ao útero das idéias.
Um grande abraço, dileto vate!

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Livre e feliz a nascente, segue seu caminho, passa obstáculos. Renova ao redor.
Renovam-me suas palavras, sempre!
Beijos e borboleteios!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, Luis, nesse você arrasou, o amor, a vida, e a inevitável. Post lindo. Também fiz um não menos lindo, cheio de comidinhas para que os meus convidados se banqueteiem. Você é meu convidado. Estou à sua espera.
Um beijo,
Renata

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo, belíssimo poema, o meu coração agradeceu-te!

Tudo se foi na voragem
dos pensamentos felizes!
Mas a saudade sentida
com a esperança que aquece
trarão de novo a vida
ao coração que arrefece!

Bom fim de semana e beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

mdsol disse...

:)))

mariam disse...

Luis,
tão bonito!
que mais comentar?
... que somos maestros das nossas vidas...
... qua a orquestra à nossa volta nem sempre está afinada...
... que todos-os-dias nos esforçamos para a afinar... mas, descobrimos, por vezes, tarde demais, que não depende afinal, só de nós!
adorei este poema.

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam

Vieira Calado disse...

Passei para ver as novidades e desejar bom fim se semana.

Lu disse...

Já disse que escreves com profundidade, mais que um poema, faz pensar, existe verdades e não resta muito a dizer, a não ser que aprecio e continue!
Ótimo final de semana.
Beijo!

Cleo disse...

Criar a festa da sua vida, linda esta frase. e assim é, nós criamos e recriamos o universo à nossa volta.
linda poesia, bravíssimo prá você.
tenha um lindo final de semana.
beijos
Cleo

paula barros disse...

É o ser e o não ser.
O ir e o vir.
O querer e o não querer.
São as contradições da vida
Do ser
abraços

Gilbamar disse...

A humanidade está envolta nas circunstâncias dos contrastes, e não há sinal de melhora.

Abraços.

Olhos de mel disse...

A vida é assim. Sempre estamos vivendo uma dualidade. Sempre o confronto entre o sim e o não, como bem descreve nesse belo poema!
Bom domingo! Beijos

EternaApaixonada disse...

O querido poeta disse tudo! Perfeito!
E nesse ritmo seguimos...
Bom domingo! Ótimo início de semana!
Beijos com meu carinho.

Papoila Sonhadora disse...

A grande família dos Sentidos, aquela que não carece de batutas, bússolas ou ponteiros... Aquela família que vive dentro de nós. A que nos arquitecta o Ser, molda o Sentir... A que às vezes nos troca os mundos, inverte a Vida, muda de rota e mesmo assim nos faz a esta grande família dos sentidos querer pertencer... SEMPRE!

Bj de encanto,
SANDRA FERREIRA,