quarta-feira, 1 de abril de 2009

TELESCÓPIO EXISTENCIAL

PARAPENTA EM SUSPENSO[Mariah Carey-against all odds-Barra de vídeo]
*
Quis girar no carrossel do tempo,
Mas eis que a roda se desengatou,
Já que toda a espessura do Mundo,
Em pendente deserto se transformou;
*
Quis deslindar do tempo a eternidade,
Mas dessa névoa logo o Sol me libertou,
Pois nessa pura e eterna ingenuidade
Sofri as ilusões que a felicidade ditou;
*
Agora absorvo o perfume da vida,
Que é da nascente que emana,
E quero ser como a paleta colorida
Onde toda a felicidade se entranha;
*
E já não espero do efémero a eternidade,
Nem dos sonhos da vida a ingenuidade,
Mas, lindamente, do amor a espontaneidade,
E do Mundo, um sim pleno à liberdade!...






Véu de Maya



13 comentários:

Cleo disse...

Oi Véu de Maya, que a paleta colorida da vida te traga sempre felicidades. Lindo o poema.
Beijos carinhosos.
Visita nosso amigo de blog que está de aniversário hoje, o Candinho Anjos do blog Astros em Desfile

http://candido-anjos.blogspot.com

Obrigada e beijos de novo.
Cleo

Cidinha disse...

Bom dia Luis,

Gostei da cadência deste poema, as palavras correm livres e soltas dando um sabor especial na sua leitura.

Abç
Cidinha

mdsol disse...

Também identifico muito este desporto com liberdade. Acho que tem um simbolismo imenso... voar assim, sem asas e só com engenho...

E no concurso do branquinho, não participa? Ohhhhhhhh

:))))

Rembrandt disse...

Véu
como siempre tus poemas hablan de libertad , felicidad , de las cosas que importan, de la paleta de colores que es la vida. Precioso poema!!! y lindísima música.

Beijinhos

Zé Camões disse...

Bonito poema, a fotografia é de fazer inveja a qualquer um.
Um abraço.

Clara disse...

"Agora absorvo o perfume da vida,
Que é da nascente que emana,
E quero ser como a paleta colorida
Onde toda a felicidade se entranha;"

Afinal, não é o que realmente queremos desta vida?

Mais um belíssimo poema.

Beijinhos

Olhos de mel disse...

Lindinho, simplesmente fiquei encantada! Sonoridade e encanto!
Bom fim de semana! Beijos

Rosa Carvalho disse...

Véu de Maya
Sabe, temos que tornar a vida super colorida e nossos sonhos jamais podem perder o brilho.
Bom final de semana.
Um bj carinhoso. Rosa Carvalho

Mar Arável disse...

Uma hode à liberdade

um voo

quase pleno

em desafio

Gostei desta descoberta

WOLKENGEDANKEN disse...

Vi que gostas de operas ! Sabes que o arquitecto da opera de Viena suicidou-se porque os vieneses acharam horrivel a sua obra. E hoje, quantos turistas ......

cumprimentos e um bom domingo :))

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Ah Véu, a aquarela que pintas é mágica... Brilha em meus olhos o teu poema!

Beijos e borboleteios

Candinho Anjo disse...

Boa noite portuense amiga Véu de Maya.

Vim para agradecer sua presença em meu blog e pelos

votos de felicidades. Coisas da Cléo.

Esta sensação de liberdade é que nos impulsiona

a realizar coisas fantásticas.

Beijos.

Juani disse...

vuelo a tu rincon y me encuentro la libertad, la felicidad , que bonita paleta de colores de vida
saluditos domingueros