quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

BELO MUNDO

BELO MUNDO_RENÉ MAGRITTE
[Ouvir Mozart sinfonia 40-barra de vídeo]
*
É um navio sobre a vida e no inverso o silêncio
onde o rio solitário se aprofunda e goza imenso
saboreando em cada onda um novo alento e um
frágil recomeço;
*
a fortaleza do amor e da amizade
onde nobres sentimentos tomam conta dos seres
e os ligam entre si livres e felizes de verdade;
*
a libertação do sonho no amor e na criação
onde o jogo sensível é um desejo irreprimível
a irrigar quente o ar e os fluídos do coração;
*
o sacrifício nobre e o preço da felicidade
onde a medida justa do indivíduo
aspira a elevar-se ao valioso critério da humanidade;
*
o projecto e o cuidado com o futuro
onde a realização entre os seres é uma obra plural
impossivel de ser fechada em qualquer prisão ou muro;
*
a alegria do efémero em cada minuto e acto
onde o cultivo da existência é total e concreto
e a felicidade desliza sem parar no hiato;
*
o poder da invenção e do mistério
onde o amor e a presença se escolhem
sem se fechar no casamento ou no adultério;
*
É um navio solitário sobre a vida e no inverso o silêncio
onde o rio solitário se aprofunda e torna imenso
até ser em cada onda novo alento e um frágil recomeço;
Fortaleza do amor e da amizade
na senda da felicidade
que é o sonho da humanidade;
Elevação e cuidado pelo futuro
onde a poesia se inflama pela liberdade
e por derrubar o muro!...

Véu de Maya

14 comentários:

Zé Camões disse...

Belo,Belo...
Bom fim-de-semana.
Cumprimentos

NAELA disse...

Belo mundo que descreve na perfeicao que vale a pena viver e sentir a vida na sua plenitude! Se tudo fosse tal o teu poema...
Um beijo muito doce

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Muito lindo, muito.
Amigo:
Fiz postagem no Galeria. E não se esqueça de ir nos meus outros 2 blogs:
poemas e canções
http://poemasscancoes.blogspot.com
e doces poesias:
http://docesspoesias.blogspot.com
Um beijo,
Renata

mdsol disse...

"É um navio solitário sobre a vida e no inverso o silêncio
onde o rio solitário se aprofunda e torna imenso
até ser em cada onda novo alento e um frágil recomeço;"

Sempre! É um dever recomeçar!
:))

Rosa Carvalho disse...

Nossa que poema lindo!
Falar da vida, celebrar o amor e ter consciência da presença dele em sua vida, seja ela solitária ou na presença de outrem, seja um mistério ou um livro aberto; nos faz mostrar o que é viver em busca de uma felicidade plena.
Parabéns! Véu de Maya, cada dia encanta os corações dos sonhadores e dos amigos. Beijos

heretico disse...

soberbo poema. enorme no sua sabedoria. lembrando os "velhos" estoicos...

abraços

EternaApaixonada disse...

*****

Sim, belo mundo! Uma visão sensível e lírica da vida... Melhor quando compartilhada em intensidade...
Outro post perfeito!
Bom fim de semana!
Beijo bem carinhoso.

*****

Cidinha disse...

Felizes associações amor/criação...mistério/invenção, e a propriedade da liberdade...libertação dos sonhos.Profundo.Realmente não há muro e prisão que resista a isso.

Até
Cidinha

Lu disse...

Belíssimo!
Que seja um belo mundo, com belas pessoas iguais a você a escrever lindos poemas.
Beijos!

Flor ♥ disse...

Olá!

Estou passando para lembrar sua participação na Blogagem Coletiva “Interlúdio com Florbela”, na próxima segunda-feira, dia 8 de dezembro. Noventa Blogs se inscreveram para participar, e como agradecimento pelo carinho de todos esses blogueiros, criei um espaço onde vou publicar todos os posts da Blogagem Coletiva, bem como o respectivo link do blog... Dá uma passadinha prá ver como vai ser, e aproveita para imaginar como vai ficar lindo o seu post por lá!

Ah... e lembre-se: são 90 blogs participantes... pode ser que não consiga publicar o seu post logo na segunda-feira, mas vou fazer o possível para que, até terça-feira todos estejam postados...

Espero que goste!
Beijos!


http://interludioemflorcomflorbela.blogspot.com/

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Se fosse o mundo criado e a humanidade feita por teus versos, ah, como seria belo!
beijos e borboleteios querido poeta!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Luís, belíssimo poema... Perfeito mundo que nos descreves Amigo!...
Adoro ler-te é um exercício mental saudável... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Bandys disse...

Belo poema
Parabéns!!

Beijos

vida de vidro disse...

Belo poema este que percorre as oscilações da vida. Sempre na senda da felicidade que deve ser a nossa vocação. **