terça-feira, 4 de outubro de 2011

ESPELHOS DO SER



*
Sou o tudo que sofre no nada
E o mar onde os navios
Se contagiam errantes
Nos clarins da partida e da chegada;
*
Sou o nada que se espelha no tudo
E a música onde o Universo
É uma máscara sublime
Em ornamentos de veludo;
*
Sou a passagem breve
Que se olha nos véus da madrugada
E o véu dos abismos que se deslumbra
na claridade da noite estrelada;
*
Sou o desejo livre que se derrama
na noite fechada
E o vento que se descarrega
nas núvens de uma ilusão adiada;
*
Sou o amor sublime que circula
na humanidade abismada
E a liberdade que combate
até transbordar numa morada sagrada;
*
Sou o véu do tudo e do nada,
Um peregrino absoluto na estrada,
Os dados de uma errância arriscada
Inocentes sobre o recinto da vida,
Lançados simplesmente e mais nada!...


Véu de Maya

11 comentários:

Olhos de mel disse...

Lindo demais, meu amigo! Se todas as pessoas fossem assim, o mundo seria bem melhor. O pior é que as pessoas se acham tudo e não se espelham em nada. Apenas na arrogancia e na competição financeira...
Beijos

isis de la noche disse...

Qué magnífico texto que habla sobre la unión con lo inefable... sobre la grandeza que se esconde en nuestro interior..

Me ha encantado!!!

besos..

Clara disse...

Luís,

Lindo amigo! Ao ler os teus textos depois do um stressante dia de trabalho, constitui um belo momento.

Beijinhos com saudades

Ana Martins disse...

"...Sou o véu do tudo e do nada,

Um peregrino absoluto na estrada,

Os dados de uma errância arriscada

Inocentes sobre o recinto da vida,

Lançados simplesmente e mais nada!..."

SUBLIME!!!!!!!!

Parabéns, beijinhos,
Ana Martins

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

És o poeta que encanta, profundamente!
Beijos e borboleteios e saudade de ti, Véu!

JPD disse...

Belíssimo, Véu.
Parabens

heretico disse...

belíssimo. absoluta passagem. na errância dos dados. no jogo divino...

abraços

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

~pi disse...

de passagem, sim.

inocente

mente,




~

mariab disse...

assim, lançado nos desconhecidos caminhos da vida. belo.
beijos

Rosa Carvalho disse...

OI Véu de Maya!!!
Nossa amei, tão puro, tão lindo...
Estou sentindo saudades suas aparece no meu blog tem selo para vc. bBeijos Rosa