sábado, 16 de março de 2013

NO POMAR DOS TEUS AFAGOS



*****
Na ternura dos teus olhos
Sinto a vida em poesia...
Mas é na paixão dos meus sonhos
Que a tua volúpia é minha orgia.
*
Na boémia dos teus olhos
Levanta-se o meu arco de vida...
Mas é na flor dos teus lábios
Que sou a flecha dos teus sonhos.
*
No deleite dos meus lábios 
Colhes morangos à vida...
Mas é no pomar dos teus afagos
Que eu colho pura a tua orgia.
*
Não desvies os teus olhos 
Dos meus que te querem espelhar...
Arde antes na volúpia deles
Com a paixão pura de quem por eles
Ao amor quer cultivar....

Véu de Maya

5 comentários:

Sandra Subtil disse...

Tão lindo, meu amigo!
"Na ternura dos teus olhos Sinto a vida em poesia..."
Maravilhoso!
Deixo-te um beijo envolto em ternura.

Mar Arável disse...

Um belo jardim de afectos

heretico disse...

olhos boémios, plenos de promessas.

belíssimo

abraço

Luna Di Primo disse...

belíssimos... bju

Anónimo disse...

Sempre com as promessas e agora com morangos, para adocicar!
Para a sua musa, que aguarda o seu poema...
É um verdadeiro príncipe da palavra.