domingo, 3 de outubro de 2010

SAGITTARIUS



Photobucket


MÁSCARA DO RELÂMPAGO_RENÉ MAGRITTE *
Ai as paixões dos poetas
Não as amarra ninguém;
São livres como as borboletas
Que são sibilinas também,
*
Transitam no mar e na terra,
E ao luar ficam estreladas;
São Bacantes na Primavera,
Mas andam sempre extasiadas!
*
Só quem as entranha no corpo,
E dança à sua loucura,
É que as pode foguear na alma
E embriagar-se na sua frescura;
*
E eu que as desfloro a dançar,
E vou à fonte vital das festas:
Sou como as borboletas no ar,
Trago a paixão virginal dos poetas!...


Véu de Maya

6 comentários:

ETERNA APAIXONADA disse...

Meu querido Luigi

Que alegria conseguir acessar e encontrar novas postagens, que enchem meu coração de alegria!
Lindo o nosso Sagittarius! Fogo puro e encantador, como o próprio elemento que inspira!
Beijos muitos de sua apaixonada

Véu de Maya disse...

Que belíssima harmonia...sua imagem, a pintura de Magritte, e o meu: Sagittarius..Perfeito...Obrigado.
Obrigado, minha linda...Miminhos pra vc.

Graça Pires disse...

Belas quadras dedicadas às paixões sos poetas. E são tantas...
Beijos

Mar Arável disse...

Que nunca lhe doam os pés

para a dança

poeta

heretico disse...

que as paixões se entranhem e permaneçam. assim cantadas e desfloradas...

abraços

quicas (joaquim do carmo) disse...

... e perdurem, como a beleza e harmonia que aqui se cultiva, as paixões... os poetas... "como as borboletas no ar"...
Abraços