segunda-feira, 21 de setembro de 2009

PRECE EXISTENCIAL II

FLAUTA DE PÃ_PICASSO

[Mariah Carey-I ll Be there-Barra de vídeo.]
*
Não me dês o eterno,
Dá-me antes o instante,
Porque o eterno até vibrante,
É um véu apenas etéreo;
*
Não me dês só o momento,
Dá-me também a viagem,
Porque a ilha sem passagem
É como a vida sem o azul do tempo ;
*
Não me dês só a passagem,
Dá-me também a realidade,
Porque a travessia sem verdade,
É como o sonho onde só há miragem;
*
Não me dês só a passagem,
Dá-me também a travessia,
Porque a verdade sem miragem,
É como o fado sem nostalgia;
*
Não me dês só a travessia
Dá-me também os idílios da cor,
Porque a aventura sem amor,
É como a flor sem fantasia...
*
Não me dês só o eterno,
Nem me dês só o instante,
Não me dês só a passagem,
Nem me dês só a travessia,
Não me dês só o amor,
Nem me dês só a fantasia...
*
Dá-me tudo isto, com fervor,
Agora e sempre, seja onde for,
Mas antes de tudo isto,
Dá-me sonho, poesia, e liberdade;
*
Porque sem esta claridade,
O mundo seria só deserto ou miragem,
No eterno ou na passagem,
E a dor e a alegria da vida
Não chegariam a ter verdade...




Véu de Maya


3 comentários:

Clara disse...

Não me dês só o eterno,
Nem me dês só o instante,
Não me dês só a passagem,
Nem me dês só a travessia,
Mas se me deres só o amor,
Ficarei muito feliz!

Beijinhos


PS: É bom estar de volta

Graça Pires disse...

"Não me dês o eterno,
Dá-me antes o instante,"
Começa assim este belo poema que gostei muito de ler.
Beijos.

heretico disse...

uma cascata de imagens poeticas muito belas.

é sempre um privilégio saborear a tua poesia,

abraços