segunda-feira, 13 de julho de 2009

SOPRO POÉTICO

BELEZA INEFÁVEL [Celine Dion-Think Twice, Barra de vídeo]
*
À força de te escutar,
Consegui levemente tocar-te,
Mas só quando floresci no teu silêncio,
É que o eco se tornou imenso,
E agora até quando não falo,
O teu silêncio vem escutar-me,
Sem se distrair por que me calo!...



Véu de Maya

8 comentários:

CARLA FABIANE... disse...

AMIGA...Ninguém conhece os mistérios da vida,
nem seu significado definitivo, mas,
para aqueles que desejarem acreditar
em seus sonhos e em si mesmos, a vida
é uma dádiva preciosa na qual tudo é
possível!"
Tenha uma semana abençoada!!!
BEIJOS...

mdsol disse...

Claro, as palavras. Mas a fotografia é um verdadeiro MUST!
:))

Graça Pires disse...

"só quando floresci no teu silêncio,
É que o eco se tornou imenso"
Muito belo!
Beijos

heretico disse...

vibrante. como uma flor abrindo-se ...

abraço

Menina do Rio disse...

No silencio, escuto-te o sopro que floresce...

Rabiscando disse...

É no silêncio q o coração vibra seus anseios.

Obrigada pela visitinha, seu blog é um encanto.

1 beijo!

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo