quarta-feira, 3 de junho de 2009

ERÓTICA DO RISO

FLORISTA_MALEVITCH

[Celine Dion& Barbra Streisand- Tell him-barra de vídeo]
*
Ai, Vida!, a florear versos destes,
Como quem cheira poesia em fonte pura,
Entra, nos risos do amor, erótica madura!
Antes que a secura te murche as vestes,
*
A poesia tem de ser sempre tão pura
Que não estiole a frescura dos poetas,
Que é paixão pela vida, e não fuga dos ascetas,
Ou ânsia do nirvana em literatura,
*
Por isso, erótica do riso, bebe na fonte pura,
O sim vital, com raios de erotismo e de ternura,
Em picos de lirismo e frémitos de sensualidade,
*
Dos que vivem a vida, no pleno, tanto quanto podem,
Dos que não escrevem só, mas também explodem,
Sem medo de engravidar, pelo riso, a dignidade!


Véu de Maya

8 comentários:

Vivian disse...

...a alegria
assim como o riso
ambos trazem com eles
o bem estar que
seduz.

adoro quando lhe vejo
lá em casa...

bj

R. Rudoisxis disse...

Belo soneto e um fecho pleno de sabedoria e lição de vida.
Grato pelo seu comentário lá pelo Sidadania,começo a ser leitor regular de sua poesia.
bjs

Véu de Maya disse...

Vivian, como pode vc dizer:
"adoro quando lhe vejo lá em casa"?
se vc nunca me viu, nem eu a vi, pois nunca falei com vc...certamente quer dizer que adora ver riso e alegria no meu blogue..."lá em casa"...só pode ser isso. ponto final.

Ana Martins disse...

Hoje vim dizer-lhe que há no Ave Sem Asas um prémio que lhe foi merecidamente atribuído.

Beijinhos,
Ana Martins

Safira disse...

Olá!

Tem um presente mágico para você lá no meu blog.

Abraço,

Safira

~pi disse...

Dos que não escrevem só, mas também explodem,

Sem medo de engravidar, pelo riso, a dignidade!


ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh


beijo com

grannnnnnnnnnnde riso, luís!! :)







~

mdsol disse...

:)))

heretico disse...

erotismo pagão e puro.

muito belo.

abraços